Abismo de Paixão: Carmem acusa Betânia de assassinato

Abismo de Paixão: Carmem acusa Betânia de assassinato

Em Abismo de Paixão Paulo violentou Carmem e ela pediu para que Ramiro desse um jeito nele.

Paulo vai aparecer morto, a polícia vai acreditar que foi um assalto, ele é encontrado muito machucado e quem vai reconhecê-lo é Florência que ficará muito triste por ter perdido seu último parente vivo.

Carmem fica agradecida a Ramiro por ele ter mandado matar Paulo e vai querer que o amante também dê um jeito no padre Lupe que deixará de ser padre depois de revelar um segredo de confissão.

Carmem está morando sozinha na fazenda, ela vai viver na bagunça, pois não pode pagar uma empregada. Ramiro dará dinheiro para ela pelo menos comprar comida para eles.

A vilã vai até o mercado e acaba passando vergonha. Betânia vai humilhar Carmem no mercado irá chamá-la de rouba maridos.

Carmem joga na cara de Betânia que se Edmundo a deixou e a traiu tantas vezes é porque Betânia foi pouca mulher para o médico, ela diz também que Betânia não é uma boa mãe e grita que Sabrina abortou um filho do Paulo. Carmem repete que Betânia é um fracasso como mulher e também como mãe.

Betânia bate no rosto de Carmem com o leque na frente de todas as mulheres que estão no mercado e dirá que ela é uma mulher sem dignidade.

Carmem ameaça Betânia, dirá que ela vai se arrepender e logo vai cumprir a ameaça, pois quando chega em casa Carmem liga para a polícia e através de uma denúncia anônima acusa Betânia de assassinato, vai dizer que foi ela quem mandou matar Paulo.

A polícia leva Betânia para a delegacia para dar depoimento e ela vai se comprometer ao mostrar seu ódio por Paulo, mas ela vai conseguir ligar para Henrique que tentará ajudar a mãe a sair desse problema.

Abismo de Paixão: Paloma e Gael se casam

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.