Início » Novelas » Vencer o Desamor: Eduardo ofende o filho e apanha de Ariadna

Vencer o Desamor: Eduardo ofende o filho e apanha de Ariadna

vencer o desamor eduardo apanha de ariadna ao falar mal de tadeu

Nos próximos capítulos de Vencer o Desamor Eduardo volta ao país para uma audiência com o juiz, pois Ariadna o processou para que ele pague uma pensão ao filho.

O encontro de Eduardo e Ariadna não será amistoso, pois além de Eduardo se negar a pagar uma pensão para Tadeu ele ainda vai se atrever a falar mal do filho na frente não só de Ariadna, mas também dos advogados e do juiz.

Em Vencer o Desamor Eduardo apanha de Ariadna por causa do filho

Em breve em Vencer o Desamor Eduardo voltará ao país para a audiência pela pensão alimentícia de Tadeu. Durante a audiência Ariadna reclama que Eduardo abandonou o filho e que não ajuda a sustentá-lo.

Eduardo diz na cara de Ariadna que Tadeu é um insconsciente e um inresponsável, por isso nem percebe que ele está ausente. Ariadna fala que o filho tem uma condição especial. Eduardo grita afirmando que se soubesse que iria ter um filho doente da cabeça ele não queria que ele tivesse nascido, depois disso, Ariadna dá uma tapa na cara do ex.

O juiz adverte a mulher de que ele não admite violência de forma alguma e se isso voltar a acontecer, ele terá que puní-la, a jornalista pede desculpas ao juiz.

Na trama Vencer o Desamor Ariadna vai chorar ao perceber o desprezo que Eduardo tem por Tadeu ser uma criança especial e durante a audiência ele vai tentar se livrar da pensão do filho, mas o juiz o obrigará a pagar o que é de direito da criança.

Na realidade, Eduardo é o único filho de Joaquim e Bárbara que tem mau caráter, pois ele roubou a empresa onde trabalhava, obrigou os pais a hipotecarem a casa para ficar com o dinheiro e ainda abandonou a mulher e o filho.

Portanto, em Vencer o Desamor Ariadna vai perceber que esteve casada com um monstro por muitos anos, pois Eduardo vai dizer que seu filho Tadeu não percebe a sua ausência por ser anormal e ainda afirmará que preferia que o menino não tivesse nascido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.