Início » Famosos » 10 motivos para não votar em Jair Bolsonaro

10 motivos para não votar em Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro

O Dicas na Internet é um site de variedades e entretenimento, um site leve e que traz informação de qualidade para quem o acompanha. Estamos vivendo talvez o momento mais importante da história do Brasil, onde um duro e violento segundo turno coloca em cheque a democracia, e os nossos direitos. Nesse momento, não se pode deixar de ter uma posição, pois lavar as mãos é ser cúmplice da tragédia que está para ocorrer.

Jair Bolsonaro ficou em primeiro lugar no primeiro turno, com absurdos 47 milhões de votos, e é sem dúvida, o favorito no segundo turno. Apenas uma grande união em torno do estado de social democracia e do estado de direito pode nos salvar da destruição. Agora explicaremos apenas dez, dentre os bilhões de motivos para não votar no candidato que carece de equilíbrio e maturidade emocional, além de caráter.

10 motivos para não votar em Jair Bolsonaro

1 – É adepto da zoofilia
Uma prática nem um pouco cristã, por assim dizer. Em um quadro do patético e extinto CQC, o candidato, que já esboçava uma campanha, confessou, após insistência do repórter, que já tinha feito algumas visitinhas ao galinheiro. Isso mesmo, a própria bíblia prevê esse tipo de comportamento grotesco em Sodoma e Gomorra, cidades antigas destruídas por terem tanto pecado.

2 – É construído na mentira
O meio de obter eleitores de Jair Bolsonaro é a mentira, inclusive inventando uma tal problemática sobre o Kit Gay, que nada mais é do que um livro estrangeiro que foi colocado em algumas bibliotecas, e nunca foi distribuído para crianças. Segue o link de um vídeo que explica melhor a situação. https://www.youtube.com/watch?v=-vigUVl5VB4

3 – Um homem de fé frágil
Acreditar e seguir a Deus é uma característica fundamental para testar o caráter de alguém, não que seja impossível ser ateu e ser uma boa pessoa. Mas o candidato se converteu recentemente ao protestantismo, mesmo sem praticar ou acreditar nem na fé católica, nem na evangélica. Ter uma religião é importante, mas mudar de religião como quem troca de roupa demonstra fraqueza de caráter e de fé.

4 – É corrupto
Jair Bolsonaro empregava uma funcionária fantasma, ganha dinheiro sem trabalhar em Brasília e confessadamente, usa a verba de gabinete para contratar profissionais do prazer.

5 – Faz parte da velha política
O candidato do PSL está há 28 anos na câmara federal, aprovou apenas dois projetos, e vive desde sempre mamando nas tetas do governo, sem para isso dar nenhum retorno. E ainda por cima, além de fazer da política uma carreira, colocou seus filhos no mesmo caminho, demonstrando ter incapacidade de trabalhar como todos nós.

6 – É um poço de preconceito
Jair Bolsonaro é um inimigo dos gays, mulheres, e, sobretudo dos nordestinos, inclusive apelidando essa parte importante do país com o tratamento carinhoso de comedores de capim.

7 – É favorável a extinção em massa
Para Jair Bolsonaro, existem duas ótimas táticas para extinguir a pobreza, invadindo as favelas e matando tudo o que se mexa, e impedindo as pessoas pobres de terem filhos, para quê melhorar a vida dos pobres, ao invés de eliminá-los?

8 – É ladrão e um sujeito perigoso
Bolsonaro fala com o peito aberto que vai colocar os bandidos na cadeia, mas não deixa claro se vai dar o exemplo, já que além de corrupto inveterado, é ladrão de cofres, e uma pessoa capaz de ameaçar uma mulher, no caso a sua, de morte, e outra, no caso uma parlamentar, de estupro.

9 – É contra o trabalhador
Bolsonaro promete gerar empregos, mas votou a favor da reforma trabalhista, do teto de gastos, que imobiliza a longo prazo o estado, e votou contra a PEC das domésticas. Além disso, quer o fim do bolsa família, das cotas, das linhas de crédito para os mais humildes, entre outras ideias brilhantes.

10 – Não respeita a sua fé
Já que no momento, Jair Bolsonaro é evangélico, crê que o Brasil deva ser um país evangélico, portanto quem for católico, judeu, espírita, ou seguidor de qualquer outra fé, terá vida difícil em um possível governo seu.

Talvez se o nome desse artigo fosse 10.000 motivos para não votar em Bolsonaro, ele ainda seria incompleto. Quem investiga a vida dessa pessoa e tem o mínimo de dignidade fica simplesmente enojado. Se você votou nele no primeiro turno, saiba que o arrependimento é uma coisa boa, pois demonstra grandeza de caráter. Todos nós temos preconceitos, e negar isso seria muita inocência, mas mesmo que você se identifique de alguma forma com Bolsonaro, você não é como ele, e pode ainda salvar o Brasil de perder a sua democracia, as conquistas centenárias de direitos, e a sua humanidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.