Início » Novelas » Vencer o Desamor: Polícia suspeita que Lino assassinou Olga

Vencer o Desamor: Polícia suspeita que Lino assassinou Olga

vencer o desamor policia comeca a suspeitar que lino matou olga

Quem está acompanhando Vencer o Desamor sabe que Olga Collado nunca foi uma pessoa muito boa, mas ela teve um final muito triste.

Olga estava esperando uma filha de Álvaro e descobriu que estava muito doente e teria que passar por um transplante de rim e ainda por cima teria que abortar a sua filha.

Além de descobrir que estava muito doente e que sua filha não iria nascer, Olga foi abusada e brutalmente assassinada e seu corpo foi encontrado enterrado em uma construção abandonada.

Em Vencer o Desamor polícia começa a suspeitar que Lino matou Olga

Nos últimos capítulos de Vencer o Desamor Álvaro será o principal suspeito do assassinato de Olga e para investigar a verdade a polícia interrogou todos que moram na casa de Bárbara com exceção de Lino que não estava em casa.

A polícia insiste em conversar com Lino. O encarregado da investigação liga para Lino e marca para ele ir para a delegacia, o bandido inventa uma história de que na hora que Olga desapareceu ele estava com uma amiga que comprou o seu carro.

O policial pede o telefone dessa amiga e Lino usa uma garota de programa que é sua conhecida. A mulher confirma o álibe de Lino, mas o policial não parece acreditar muito na história.

Na trama Vencer o Desamor o cerco está começando a se fechar para Lino, pois ele já tem Eduardo e Ariadna desconfiando dele, mas o pior será ter a polícia atrás para saber o que aconteceu realmente com Olga.

Embora a novela seja inédita, é fácil saber que o assassino de Olga é Lino, pois a mulher será abusada antes de ser assassinada e o abusador da novela é ele.

Portanto, em Vencer o Desamor a polícia começa a suspeitar do envolvimento de Lino na morte de Olga e o policial não vai acreditar na história que ele vai contar. Estar perto de Lino ter o que merece, pois a novela está no final.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.